Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fomos ao Largo na Restaurant Week

por Os bloggers, em 06.03.17

Está de volta mais uma edição da Restaurant Week e, como tem sido hábito nas últimas edições, fomos ao evento, que decorre em vários pontos do país, de 2 a 12 de Março.

A Restaurant Week visa a democratização do acesso à restauração de luxo, contribuindo em simultâneo para causas nobres. Desta forma os restaurantes aderentes apresentam um determinado menu a 20 euros, dos quais 1 euro reverte a favor de uma causa social.

Desta vez o restaurante escolhido foi o Restaurante Largo no Chiado. Um dos nós já conhecia o espaço e o outro estava super curioso para conhecer. Foi a oportunidade perfeita e correu muito bem!

 

O Largo é um restaurante com uma decoração moderna e sofisticada (de onde se destaca um original aquário de medusas), mas ao mesmo tempo tem um ambiente acolhedor e descontraído, com vários espaços muito bem divididos. Perfeito para um jantar entre amigos ou até para uma ocasião especial.

IMG_20170227_204338.jpg

O menú do Largo para a Restaurante Week inclui:

- Entrada: Creme de ervilhas com Bacon ou Ovo em Baixa Temperatura com Espuma de Batata, Pato Confitado e Chouriço

- Prato principal: Lombinho de Robalo ou Empadão de Pato Trufado

- Sobremesa: Gratinado de Maçã ou Creme Brulée

IMG_20170227_211633.jpg

Para entrada ambos escolhemos o Ovo em Baixa Temperatura com o Pato Confitado, para prato principal e para as sobremesas cada um escolheu uma das opções. A comida estava óptima, muito bem confeccionada e saborosa, num ambiente super agradável!

IMG_20170227_215108.jpgIMG-20170305-WA0002.jpgIMG_20170227_221810.jpgIMG-20170305-WA0001.jpg

Não percam a oportunidade de degustar uma saborosa refeição de autor e ao mesmo tempo contribuir para uma causa social!

As reservas e menús para a Restaurant Week encontram-se aqui.

Recomendamos vivamente o Largo, quer para esta ocasião, quer noutra!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Voltámos ao Frankie Hot Dogs

por Os bloggers, em 03.03.17

Mas desta vez fomos ao espaço recém estreado no Saldanha.

Este novo espaço fica no número 13 da Rua Alves Redol, mesmo do outro lado da rua do Instituto Superior Técnico.

IMG_20170301_221628.jpg

Quando chegámos ficámos um pouco intrigados com o tamanho da sala, ficámos na fila para fazer o pedido e enquanto víamos a carta tivemos a primeira surpresa, há cachorros diferentes do espaço do Campo Grande e todos com um aspecto delicioso, se a escolha já era difícil, agora tornou-se um pouco mais. Pedido efectuado e à semelhança do Frankie do Campo Grande, podemos ir para a mesa que entretanto o nosso pedido chegará até nós. É quando descemos as escadas que temos a segunda surpresa, uma sala ampla com bastante luz e decoração estilo industrial vintage, bem diferente da sala de entrada.

IMG-20170302-WA0001.jpg

Para matar a fome porque já se fazia tarde, escolhemos a Frankiesinha e o Cherry Dog, umas batatas fritas com ervas, uma limonada, uma limonada de maracujá e um cheesecake de manga.

IMG_20170301_214051.jpgIMG-20170302-WA0000.jpg

A Frankiesinha como o próprio nome sugere, remete-nos para a francesinha, o molho de francesinha estava bom mas no geral é um cachorro que precisa de uma "afinação" para atingir o objectivo. O Cherry Dog estava delicioso, a salsicha de frango é muito saborosa e todos os ingrediente ligavam muito bem, foi mesmo uma agradável surpresa e já está na nossa lista de favoritos. As limonadas e o cheesecake estavam igualmente deliciosos, no entanto, achámos as batatas fritas demasiado fritas e secas, um ponto que nos desiludiu porque adoramos as batatas do espaço do Campo Grande.

IMG_20170301_220709.jpg

O total para os dois ficou em cerca de 15€.

No geral gostámos muito deste novo espaço e tendo uma ementa diferente permite-nos variar de zona para jantar, mas vai ser complicado decidir a qual dos dois vamos!

Bom apetite!

 

 Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

A Lagoa Azul

por Os bloggers, em 08.02.17

Num dos últimos fins de semana em que o sol brilhou, não nos deixámos vencer pela preguiça e pelo frio e partimos à descoberta de mais um cantinho que nos andava a "chamar" há algum tempo.

Esta cantinho que vos trazemos hoje é a Lagoa Azul. Fica muito pertinho de Lisboa, no sopé da mística Serra de Sintra.

DSC07481.jpg

Apesar da proximidade de Lisboa esta lagoa passa despercebida à maioria, no entanto, para os fãs do Rally de Portugal não traz as melhores memórias visto que foi no troço da Lagoa Azul que aconteceu o fatídico acidente de 1986. 

DSC07451.jpgDSC07434.jpg

A zona é de fácil acesso tanto a pé como de carro e existe algum espaço que permite o estacionamento mesmo junto à Lagoa. É um local muito agradável para caminhadas pelos trilhos que existem em redor, para passear os animais ou simplesmentar desfrutar do silêncio da natureza (se não houverem provas no Autódromo) e da fauna local.

DSC07431.jpgDSC07463.jpg

Na Lagoa podemos encontrar carpas, mexilhão de água doce, cágados e algumas aves como o pato bravo, o chapim-rabilongo, o chapim-carvoeiro, rolas e pombas. Apesar da abundante biodiversidade e do aspecto calmo, não é aconselhável ir a banhos na Lagoa porque a água é imprópria para a prática balnear.

DSC07477.jpgDSC07479.jpg

Seguindo a estrada em direcção a Cascais, ou indo pelos trilhos pedonais na mesma direcção, encontramos a Barragem do Rio da Mula, outro fantástico lugar para desfrutar da Natureza.

DSC07485-2.jpg

Já conheciam ou já fizeram algum dos trilhos que por ali se encontram?

Bons passeios!

 

Coodernadas:
38° 46' 5.0333'' N

9° 23' 59.3387'' W 

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Os Melhores Petiscos à Portuguesa

por Os bloggers, em 06.02.17

Quem é que não gosta de petiscos?

E se forem petiscos feitos com as melhores iguarias portugueses ainda melhor!

No fim de semana fomos com uns amigos à Taberna A Preciosa no Lumiar, em Lisboa. Já há algum tempo que tínhamos o espaço debaixo de olho e lá partimos os quatro em jeito de descoberta gastronómica, com reserva de mesa feita na véspera.

IMG_20170128_204304.jpg

Estávamos com alguma expectativa, porque já tínhamos ouvido falar bem do espaço, o que por vezes não é bom, mas desta vez as expectativas foram largamente superadas! Estes foram provavelmente os melhores petiscos que alguma vez degustámos, quer no que toca ao sabor, quer na apresentação!

IMG_20170128_204425.jpg

Mas vamos começar pelo início... A Taberna A Preciosa situa-se no Lumiar, no final da Calçada de Carriche e relativamente perto do Metro do Lumiar. Aconselha-se reserva de mesa. O espaço, apesar de estar num local "improvável", é acolhedor e tem uma decoração típica e bastante genuína (por exemplo o tecto é forrado com caixas de garrafas).

IMG_20170128_233615.jpg

Da carta é possível optar pelo Rodízio de Petiscos (com sobremesa e café, por 18.50 euros) ou prato fixo (com pão, azeitonas e café, por 15 euros).

Abençoada a hora em que optámos pelo Rodízio de Petiscos. Simplesmente divinal!

IMG_20170128_205232.jpg

Na primeira rodada foram servidos os petiscos frios e na segunda os petiscos quentes. Dos petiscos destacamos: presunto, queijo creme, camarão de Espinho, salada de mexilhão, salada de polvo, bacalhau com grão, creme de sapateira, carpaccio de vitela, salmão braseado, peixe manteiga braseado, petingas, perdiz de escabeche, chouriço, alheira, morcela de arroz, chamuças (de vários tipos), croquetes, choco frito, lulas fritas, cogumelos salteados, pimentos padron, pica-pau, vitela branca, bife de veado, lascas de batata... Foi uma mistura de sabores explosiva!

 

IMG_20170128_205854.jpgIMG_20170128_211629.jpgIMG_20170128_214524.jpgIMG_20170128_215329.jpg

As boas surpresas tão tinham ainda chegado ao fim. As sobremesas são também deliciosas! Escolhemos: Tiramisu, Panna Cota de Côco com Laranja, Crocante de Limoncello e Cremoso de Pistaccio. A melhor era sem dúvida o Limoncello e a que menos se destacou foi a Panna Cota, que estava pouco solidificada.

IMG_20170128_224046.jpg

Os pontos menos positivos são, a nosso ver, a ausência de multibanco e o preço das bebidas (a água e os refrigerantes de 33 cl andam pelos 2 euros a 2.5 euros) e é impossível ficar apenas por uma bebida para acompanhar tantos pitéus. É aconselhável efectuar reserva se forem 4 ou mais pessoas.

O balanço foi extremamente positivo. Adorámos! Vamos seguramente voltar!

Foi o melhor grupo de petiscos que já alguma vez provámos!

Bom apetite!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Mergulhar no Oceanário

por Os bloggers, em 01.02.17

Sabe sempre muito bem "mergulhar" no Oceanário e numa tarde percorrer todos os Oceanos e os diversos habitats marinhos do Mundo.

O Oceanário de Lisboa, desde que abriu ao público na Expo 98, é um verdadeiro oceano de sucesso, a mostrar, valorizar e na conservação da vida dos oceanos.

DSC07670.jpg

A última vez que lá tínhamos estado foi há sensivelmente um ano e no passado fim de semana "mergulhámos" novamente neste mundo dos mares (lembram-se da iniciativa do Planetário?).

A exposição permanente consiste num grande aquário central, com 5 milhões de litros de água salgada, com uma fauna e flora variada.

DSC07561.jpgDSC07715.jpgDSC07738.jpg

Durante a visita "mergulhamos" em quatro habitats marinhos. O percurso desenrola-se em dois níveis, o terrestre e o subaquático, atravessando as águas temperadas, tropicais e frias dos diferentes oceanos do planeta.

DSC07753.jpgDSC07781.jpgDSC07863.jpg

No ano passado apanhámos as lontras na hora da sesta, desta vez acertámos em cheio no horário "lunch time"... foi maravilhoso ver a Micas e a Maré divertidamente a digerir a sua refeição, dada por uma colaboradora do Oceanário. Este foi o ponto alto da visita!

 

DSC07624.jpgDSC07648.jpgDSC07684.jpg

Sabiam que as lontras têm um metabolismo muito acelerado e por isso precisam de comer diariamente o equivalente a 30% do seu peso, o mesmo que um humano adulto comer 100 hambúrgueres por dia? Ufa!!!

DSC07853.jpgDSC07810.jpgDSC07826.jpg

Para terminar a visita gostamos de nos sentar alguns minutos a contemplar as espécies do tanque central, entre todos, salta-nos sempre à vista o Peixe Lua pela sua invulgar forma e as Raias e Mantas que atravessam o tanque em "voos" majestosos.

DSC07816.jpgDSC07797.jpg

E vocês, há quanto tempo não visitam o Oceanário?

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Em busca do Éclair perfeito

por Os bloggers, em 31.01.17

No Domingo fomos finalmente conhecer a Leitaria da Quinta do Paço em Lisboa.

O espaço situa-se na Avenida João XXI, um pouco acima da Caixa Geral de Depósitos.

IMG-20170130-WA0001.jpg

A Leitaria da Quinta do Paço nasceu há quase 100 anos, localizando-se originalmente em Paços de Ferreira. Em 1920 a Leitaria da Quinta do Paço iniciou a produção de leite, manteiga, queijo e chantilly. A jóia da coroa da Leitaria é nos dias de hoje o Éclair com cobertura de chocolate. A Leitaria cresceu e expandiu-se, existindo lojas na Baixa do Porto, Mercado do Bom Sucesso, Norte Shopping, Matosinhos e Lisboa.

 

O espaço Lisboeta nasceu numa antiga padaria, preservando ainda alguns dos traços originais. A loja está dividida em três espaços - sala de chá, balcão e "cozinha" com fabrico à vista. É um espaço simpático, mas é pena a sala de chá ser relativamente pequena, comparando com os restantes sub-espaços. Para os dias mais quentes existem umas mesas no exterior em jeito de esplanada.

 

Da carta ressaltam à vista os Éclairs. Não somos muito apreciadores de bolos com creme, mas desta vez tivemos mesmo de provar um dos famosos Éclairs. A XX deliciou-se com o Éclair Crocante, que estava maravilhoso. O chantilly da Leitaria destaca-se mesmo pelo sabor, textura e qualidade! O XY não caiu na tentação dos cremes e para acompanhar o seu café escolheu os almendrados que são uns deliciosos e docinhos bolinhos de amêndoa. 

IMG-20170130-WA0002.jpg2017-01-29 17.30.39.jpg

E vocês, já conhecem a Leitaria da Quinta do Paço?

Bom lanche!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

O Carvoeiro de Palma

por Os bloggers, em 22.12.16

No fim de semana fomos conhecer um espaço que já andávamos há algum tempo para experimentar - O Carvoeiro de Palma, em São Domingos de Benfica (praticamente nas traseiras da Católica).

Bem, não podíamos ter acertado melhor com o dia (ironia), o restaurante estava cercado de obras... Nada que nos demovesse. Estacionámos e lá fomos nós... Apesar de ser um sítio com muita afluência, chegámos cedo e conseguimos mesa com facilidade, mas percebemos que o ideal é fazer reserva.

IMG_20161217_200702.jpg

O Carvoeiro de Palma é um restaurante acolhedor e com uma decoração tradicional. Os funcionários são simpáticos e somos brindados com uma carta com os melhores pratos tipicamente portugueses. O díficil é escolher!

Optámos por uma Costoleta de Novilho e por um Bife da Vazia à Carvoeiro de Palma, com alho e limão, acompanhados por batata frita e arroz.

IMG_20161217_202421.jpg

As iguarias estavam muito saborosas, apesar de terem estado uns minutitos a mais na grelha. Mas soube muito bem! Não há nada como a comida tipicamente portuguesa!

IMG-20161221-WA0000.jpg

Para sobremesa dividimos uma fatia de bolo de bolacha. estava bom, mas sem surpreender. Deste não há foto para recordar... a gula foi tanta, que não houve tempo para fotos!

A refeição ficou por 26 euros. 

Este será sem dúvida um espaço para voltar a visitar.

Já conhecem? Bom apetite!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

Conhecer o Espaço e o Mar num vaivém

por Os bloggers, em 15.12.16

Querem começar o ano com uma visita grátis ao Oceanário de Lisboa? É muito simples, basta verem estrelinhas até dia 18 de Dezembro! 

DSC00230.jpg

Passamos a explicar, com o mote "CONHEÇA O ESPAÇO E O MAR NUM VAIVÉM", o Oceanário de Lisboa e o Planetário Calouste Gulbenkian juntam-se para levar o público a explorar o universo e as profundezas dos oceanos.

Desta forma, quem visitar o Planetário Calouste Gulbenkian até ao dia 18 de Dezembro recebe um voucher para visitar a exposição permanente do Oceanário de Lisboa gratuitamente entre 2 e 31 de Janeiro de 2017.

É um excelente motivo para revisitar o Planetário, nós não vamos perder a oportunidade e vocês? 

Bons passeios!

 

Bilhetes para o Planetário:

(0-3): Não permitida

Crianças (4-12 anos): 2,50€

Adultos (13-64 anos): 5€

Maiores de 65 anos: 2,50 €

Família*: 12 €

*Dois adultos mais duas crianças, criança extra: 1,25 €​

 

De Terça a Domingo
9H30 - 12H00 | 13H45 – 16H30
Sábado
13H45 – 16H30

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

Vídeo Mapping Natalício

por Os bloggers, em 13.12.16
O Terreiro do Paço já não é o mesmo sem o seu vídeo mapping de Natal!
A partir de amanhã, dia 14, e até ao próximo dia 23 de Dezembro, o Terreiro do Paço volta a ganhar luz, vida e cor com um espetáculo de vídeo mapping.

DSC07111.jpg

O tema desta edição é “O Novo Palácio do Nicolau” e será exibido nas referidas datas às 19:00, 19:45 e 20:30, com entrada gratuita. A temática vai alertar para a protecção do meio ambiente, uma vez que até o Pai Natal já se apercebeu dos efeitos do aquecimento global.

DSC09881.jpg

Apoveitem para ver as sempre belas luzes de Natal que iluminam a baixa Lisboeta e não percam este espectáculo natalício!

DSC07092.jpgDSC07086.jpgDSC07116.jpgDSC07124.jpg

Bons passeios!
 
Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

Uma visita ao Palácio Nacional da Ajuda

por Os bloggers, em 07.12.16

No último Domingo aproveitámos a trégua da chuva e o facto de ser o primeiro Domingo do mês (museus e palácios gratuitos) para ir visitar o Palácio Nacional da Ajuda. E foi desta forma que passámos um belo fim de tarde pelos lados da Ajuda.

O Palácio é imponente e muito bonito! Ainda hoje é cenário de cerimónias protocolares de representação de Estado.

DSC07048.jpg

O Palácio da Ajuda começou a ser construído no século XVIII, mas só no século XIX viria a ser residência oficial da família real. Foi com a subida ao trono de D. Luís I (1838-1889), mais concretamente por volta de 1861 que foram feitas obras indispensáveis na estrutura do edifício para acolher o novo rei.

DSC07001.jpgDSC07005.jpg

As principais alterações na decoração dos interiores do palácio começaram em 1862, ano do casamento do rei com D. Maria Pia (1847-1911). A nova rainha era uma visionária, grande apreciadora de arte e das novas tendências. Assim, grande parte da decoração do palácio tem uma forte influência dos gostos pessoais da rainha, tendo vindo de vários cantos da Europa.

DSC07012.jpgDSC07013.jpgDSC07016.jpg

Dentro do palácio ficámos deslumbrados particularmente com a sala da música, a sala do trono e com as salas de refeições, particularmente a que estava destinada aos grandes banquetes, com capacidade máxima de cerca de 600 pessoas. É importante focar também que D. Maria Pia teve provavelmente a primeira casa de banho portuguesa com circulação de água quente e fria e que incutiu na corte a importância do banho, até então nem sempre vista com bons olhos!

 

DSC07009.jpgDSC07017.jpgDSC07025.jpgDSC07038.jpgDSC07043.jpg

Apreciámos também a paisagem através das janelas reais. As vistas para o Tejo são muito bonitas!

DSC07031.jpg

Não pudemos também deixar de referir que admirámos o orgulho e vocação com que os funcionários respondem às questões acerca do espaço.

Bons passeios culturais!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30


Mais sobre mim

foto do autor


Sigam-nos


O melhor blog do mundo


Instagram




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D




subscrever feeds


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.