Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Chuva de Estrelas 2015

por Os bloggers, em 11.08.15

Não, não vamos falar do concurso televisivo!

 

Todos os anos entre o final de Julho e o início de Agosto uma chuva de meteoros Perseidas rasgam o céu e deixam um rasto cintilante para trás. É um evento muito rápido mas quando o conseguimos visualizar é difícil não ficarmos deslumbrados com o espectáculo de luz.

perseid-meteor-shower-2012-roberto-porto.jpgEste ano é possível visualizar estas "estrelas cadentes" com alguma facilidade até ao dia 24 de Agosto e o seu pico será na madrugada de 12 para 13 entre as 07h e as 10h. Apesar deste pico não ser completamente visível por cá porque já é de dia não desanimem, a partir das 23h do dia 12 poderão estar atentos ao céu porque já deverão visualizar mais "estrelas cadentes" do que o habitual.

 

Agora deixamos umas dicas da melhor forma de visualizar este acontecimento:

 

1 - Nas cidades com a poluição luminosa, por vezes nem visualizar as estrelas conseguimos, por isso aconselhamos a mergulhar na natureza e escolher um local bem escuro, quanto mais escuro melhor! Se estiver de férias, é uma excelente "desculpa" para uma noite de campismo.

2 - Escolha um local com pouca ou nenhuma vegetação para não impedir a visão do horizonte

3 - deitem-se confortavelmente virados para norte, se deixaram o smartphone no carro, podem guiar-se pela Estrela Polar para saber a orientação e desfrutem do espectáculo e dos sons da natureza que nos passam muitas vezes ao lado.

 

Se seguiram as nossas dicas de fotografia para as férias e andam com a máquina fotográfica atrás, deixamos mais algumas dicas para vos ajudar a captar este momento.

Não é um tipo de fotografia fácil e os resultados não são imediatos nas primeiras fotos, mas não desanimem, têm uma noite inteira pela frente (Material necessário: câmera reflex ou com modo manual)

Estas dicas são genéricas, devem adaptar as dicas às condições do local onde estão e à medida que forem tirando fotos para que consigam o resultado pretendido.

 

1 - Montar a câmera num tripé

2 - Colocar em modo manual e focar no infinito já que em modo automático não conseguirão focar quando virados para o céu

3 - Ajustar o valor do diafragma no valor mínimo permitido pela lente, o ideal será entre f1.2 e f1.8, mas outras aberturas baixam também funcionam

4 - Ajustar o ISO, podem começar por um ISO 1600, lembrem-se que quanto maior o ISO maior o ruído produzido

5 - Ajustar o tempo de exposição, dependendo da poluição luminosa, do ISO definido e da abertura do diafragma, podem começar com 60 segundos de exposição

6 - Para obter melhores resultados o ideal seria ter um cabo disparador que permita manter o obturador aberto até conseguirmos captar uma Perseida ou um comando disparador para não tocar na máquina e correr o risco de criar vibrações que desfoquem

7 - Paciência, é preciso alguma paciência até conseguirmos "aquela foto" 

 

Divirtam-se e se for o caso, boas férias!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00



Mais sobre mim

foto do autor


Sigam-nos


O melhor blog do mundo


Instagram




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.