Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Escapadinha na Terceira em 2 dias e meio

por Os bloggers, em 23.02.17

Estava há muito prometido o relato da nossa visita à Ilha Terceira. Tardou, mas não podíamos deixar de cumprir a promessa.

DSC06633.jpg

Não foi propositado, mas a Terceira foi a terceira Ilha Açoreana que visitámos, depois do Faial e de São Miguel, no dia e ano anterior, respectivamente. Coincidências!Foi em Dezembro que aterrámos na Terceira, depois de umas fantásticas 24 horas no Faial, a terra do imponente Vulcão dos Capelinhos.

DSC06933.jpg

Cada Ilha dos Açores é única, sempre com o verde dos campos e o azul do Oceano como pano de fundo, mas com pormenores únicos que as distinguem.

A Ilha Terceira é conhecida por grandes festas e muita animação. Visitámos a ilha no Inverno, o período não era festivo, mas divertimo-nos bastante a explorar os seus encantos.

DSC06571.jpg

Estivemos 2 dias e meio na Terceira e aconselhamos as seguintes visitas: 

- Angra do Heroismo: É uma cidade simpática e bastante harmoniosa, cheia de segredos para descobrir, desde as belas fachadas do Centro Histórico (onde ficámos alojados), às igrejas e sem nunca perder o mar de vista. A sua história e património fazem com que tenha sido classificada como Património Mundial pela UNESCO desde a década de 80 e um passeio pelas suas pitorescas ruas é obrigatório.

DSC06757.jpgDSC06776.jpgDSC06898.jpg

- Jardim Duque da Terceira: localiza-se no centro histórico de Angra do Heroísmo, é considerado um dos mais belos jardins do Arquipélago e a entrada é gratuita! A sua construção iniciou-se em 1882 e hoje é um dos ex-libris da ilha. Tem uma vista priveligiada para a baía de Angra do Heroísmo e para o Monte Brasil.

DSC06723.jpgDSC06726.jpgDSC06746.jpgDSC06737.jpg

- Monte Brasil: A península do Monte Brasil localiza-se em Angra do Heroísmo. Formou-se no cone abatido de um antigo vulcão com origem no mar e está resguardado pela Fortaleza de São João Baptista. Do seu alto descortina-se uma bela vista panorâmica sobre a cidade, a marina e o mar. É possível apreciar também a sua fauna e flora protegidas. Vimos um veado no Monte Brasil! Não é mito, é mesmo verdade, eles existem!!!

DSC06783.jpgDSC06912.jpgDSC06907.jpg

- Algar do Carvão: O cone vulcânico, que alberga no seu interior o Algar do Carvão, situa-se sensivelmente no meio da ilha Terceira, a norte da cidade de Angra do Heroísmo. O Algar é constituído por uma grande chaminé vertical, alargada junto à base, que resultou de um fenómeno vulcânico muito específico. No Algar descemos até cerca de 100 metros de profundidade e observámos estalactites únicas no mundo pelas suas características de silicatos e um pequeno lago subterrâneo. É possível visitar o Algar do Carvão durante todo o ano, quer na época baixa, com aberturas semanais, quer na época alta, com aberturas diárias. Adorámos o Algar, a natureza consegue mesmo surpreender com a imponência dos seus segredos!

DSC06804.jpgDSC06819.jpgDSC06831.jpgDSC06843.jpgDSC06873.jpg

- Gruta do Natal: A Gruta do Natal localiza-se junto aos Picos Gordos, ainda dentro da Reserva Florestal Natural da Serra de Santa Bárbara e Mistérios Negros. No seu interior poderão ser observadas estruturas geológicas diversas como escorrências de diferentes tipos de lava. Infelizmente não conseguimos visitar a gruta, pois em época baixa não está aberta todos os dias, à semelhança do Algar do Carvão. Mas fica a informação de que pode ser comprado um bilhete conjunto para os 2 locais. A exploração de ambos os sítios é feita pela dinâmica Associação Os Montanheiros. Apesar da impossibilidade de visitar a Gruta, a viagem não foi em vão, porque na mesma zona podemos apreciar a beleza da Lagoa do Negro.

DSC06630.jpgDSC06628.jpg

- Furnas do Enxofre: Muito perto do Algar do Carvão e da Gruta do Natal visitámos as Furnas do Enxofre. Por entre um percurso construído no meio da natureza circulámos por um campo fumarólico, numa área com diversas saídas de gases vulcânicos. Foi um circuito genuinamente divertido, pela invulgar paisagem (sentimo-nos na terra dos Smurfs). Um local a não perder!

DSC06610.jpgDSC06589.jpgDSC06583.jpgDSC06602.jpg

- Biscoitos: Trata-se de uma bonita e pacata freguesia no nordeste da ilha. Biscoitos tem umas maravilhosas Piscinas Naturais (pena não ser Verão!), para além de uma pitoresca arquitectura típica e uma rica herança vinícola.

DSC06646.jpgDSC06644.jpg

- Miradouro da Serra do Cume: Da Serra do Cume, no concelho da Praia da Vitória, apreciámos de um lado a baía da Praia da Vitória e do outro a planície interior da ilha, dividida por muros de pedra vulcânica conhecida por “manta de retalhos”. Muito bonito! Acreditamos que não há foto que consiga captar devidamente a avassaladora beleza do local!

DSC06937.jpgDSC06943.jpg

- Serra de Santa Bárbara: Tem vários miradouros onde se podem vislumbrar campos, as florestas de nuvens e as turfeiras encharcadas. As estradas são ladeadas de escuras florestas de cedros. Passámos por lá mas estava muito mau tempo e não há fotos.

 

- Praia da Vitória: É uma bonita cidade situada na costa este da Ilha Terceira, muito perto do aeroporto das Lages, dona da maior baía dos Açores. A Praia da Vitória é rica em história, monumentos e tradições. É agradável visitar o seu Centro Histórico, de onde se destaca a Igreja Matriz do século XV, a Igreja do Senhor Santo Cristo do século XVI e a Casa Museu de Vitorino Nemésio, onde nasceu o poeta. Imperdível é também a subida ao Miradouro do Facho, com um monumento em homenagem ao Imaculado Coração de Maria, de onde se avista toda a cidade.

DSC06961.jpgDSC06989.jpgDSC06976.jpgDSC06986.jpgDSC06990.jpg

 

Em relação à comidinha não devem perder:

- Queijo Vaquinha: Queijaria Artesanal situada nas Cinco Ribeiras. A marca Queijo Vaquinha produz o mais antigo queijo curado da ilha, elaborado a partir de leites seleccionados. Soube muito bem lanchar neste local. Visitámos o espaço num feriado, por isso era dia de descanso, caso contrário teria sido possível visitar a fábrica.

DSC06878.jpg

- Restaurate O Chico: Este espaço, no centro de Angra, oferece-nos comida tradicional e bem confeccionada, num ambiente simples, mas bastante atencioso. Gostámos muito das iguarias, por isso repetimos a visita. Adorámos as lapas grelhadas e não deixámos de experimentar os típicos Filetes de Abrotea e a Alcatra. Aconselhamos a visita!

DSC06891.jpg

- Donas Amélias: Ninguém pode sair da Terceira sem experimentar as Donas Amélias, que são as queijadinhas típicas da ilha. A receita foi criada há mais de um século atrás (mais concretamente em 1901), pelas senhoras de Angra do Heroísmo, para receber a rainha Dona Amélia.

DSC07055.jpg

 

Chegámos à Terceira através da Sata e regressámos na Ryanair a Lisboa. Sem nos termos apercebido aquando da compra dos bilhetes, fizemos a viagem inaugural da Ryanair Terceira-Lisboa, o que é seguramente um marco no turismo e desenvolvimento da Ilha Terceira, para além de ter sido uma animação (com algumas peripécias) no aeroporto das Lages aquando da partida.

DSC07000.jpg

Bem, com viagens a preços cada vez mais baixos, não pode haver desculpas para não visitar a Terceira. Agora que o tempo bom se começa a aproximar este tem de ser uma destino a considerar para uns dias tranquilos e bem passados!

Bons passeios!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00


18 comentários

Imagem de perfil

De Casal Irrequieto a 23.02.2017 às 10:16

Qual foi a vossa ilha preferida?
Imagem de perfil

De Os bloggers a 23.02.2017 às 13:07

Ui esta pergunta... Quando estávamos no aeroporto à espera do voo de regresso falámos sobre isso e na verdade não há uma preferida, chegámos à conclusão que cada uma tem a sua beleza e atracções diferentes, por exemplo, gostámos muito mais das furnas da Ilha Terceira do que de São Miguel, a envolvente é muito mais bonita, no entanto, sentimos muitas saudadas da Poça da Dona Beija.
Pela quantidade de praias e piscinas que vimos no Faial e na Terceira ficámos com a ideia que são ilhas mais para Primavera/Verão enquanto que São Miguel oferece-nos experiências diferentes mesmo no Inverno.
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 23.02.2017 às 10:16

Adorei as imagens!! =) Muito verde, muita natureza...
Beijinhos
Imagem de perfil

De Os bloggers a 23.02.2017 às 13:08

Obrigado, é uma ilha muito verde e com muitas florestas de cedros que nos fazem lembrar alguns filmes, é mesmo muito bonito
Sem imagem de perfil

De 1111 a 24.02.2017 às 10:28

Pelo que vejo os Azores devem de proporcionar, Momentos de Pura Felicidade!! LINDAS FOTOS ; )
Imagem de perfil

De Os bloggers a 24.02.2017 às 10:32

Pura e genuína felicidade! :)
Imagem de perfil

De The Travellight World a 25.02.2017 às 19:28

Que linda que é a a Terceira! As fotos estão fantásticas!
Imagem de perfil

De m-M a 02.03.2017 às 15:08

Uau!
'Tou aqui roída de inbeija :D
Imagem de perfil

De Os bloggers a 08.03.2017 às 10:01

Ahahah mas também podes dar um pulinho até lá, agora com a Ryanair tudo se torna mais simples e barato
Imagem de perfil

De r i t i n h a a 06.03.2017 às 11:01

Estou a viver em S. Miguel (mas não sou de cá) e também já fui à Terceira mas só durante umas horinhas. Tenho mesmo de voltar com mais tempo :)
Imagem de perfil

De Os bloggers a 08.03.2017 às 10:03

E vale mesmo a pena voltar, até nós temos que voltar para desfrutar ainda mais deste fantástico pedaço de terra
Imagem de perfil

De Leonardo Rodrigues a 06.03.2017 às 17:33

As vossas fotos estão cada vez melhores!!!!
Imagem de perfil

De Os bloggers a 08.03.2017 às 10:01

Obrigado Leonardo
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 06.03.2017 às 20:40

Tão giro. Fiquei mesmo com vontade de lá ir :)
Imagem de perfil

De Os bloggers a 08.03.2017 às 10:00

Então não há desculpa para não ir, os fins de semana compridos estão à porta, as viagens estão mais baratas e com a Primavera a chegar a ilha fica ainda mais bonita
Imagem de perfil

De Rui Pereira a 06.03.2017 às 23:37

Muito bom!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Sigam-nos


O melhor blog do mundo


Instagram




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.