Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fomos ao Hipismo

por Os bloggers, em 02.06.16

Vestimos a nossa melhor roupa e colocámos o chapéu mais pomposo que tínhamos.... Na verdade não foi necessário porque não fomos à famosa corrida de cavalos de Ascot.

DSC02692.jpg

DSC02668.jpg

Fomos assistir ao Concurso de Saltos Internacional Oficial de Lisboa (CSIO Lisboa) que é um evento de referência no calendário equestre Internacional. O evento decorreu no Hipódromo do Campo Grande entre os dias 26 e 29 de Maio e contou com os principais nomes nacionais e internacionais em representação de cerca de 15 países.

O CSIO é composto por 4 provas que contam para o Ranking Mundial Longines da FEI, pela Taça das Nações que conta para a liga Furusiyya FEI Nations Cup e pelo Grande Prémio que apura para o Campeonato da Europa 2017.

DSC02629.jpg

Este ano a Sociedade Hípica Portuguesa, como entidade organizadora, decidiu tornar a entrada gratuita para captar mais público e possivelmente novos adeptos/praticantes da modalidade. Não sabemos a opinião oficial, mas para nós o objectivo deve ter sido cumprido. O Hipódromo tinha a bancada completa, o ambiente era de festa e pelas conversas cruzadas notava-se que havia muita gente que tinha ido à descoberta deste desporto.

Nós fomos uns dos que foram à descoberta. Já tínhamos assistido a provas de hipismo mas nunca a uma prova com esta importância. Gostámos muito da experiência, o ambiente era muito descontraído, é possível admirar a beleza e imponência dos cavalos de perto, assistir às suas habilidades e também ao mau feitio de alguns e acima de tudo, assistir à cumplicidade entre cavalo e cavaleiro.

DSC02669.jpgDSC02708.jpg

Entre os participantes haviam vários Portugueses dos quais destacamos o cavaleiro João Chuva que foi o vencedor do Grande Prémio CSIO Lisboa 2016. Já a Taça das Nações foi para a equipa de Espanha.

Em baixo podemos ver algumas fotos da prestação de João Chuva.

DSC02706.jpgDSC02711.jpgDSC02714.jpg

Gostámos mesmo da experiência e vamos ficar atentos a novos eventos do género. É possível consultar o calendário na página da Sociedade Hípica Portuguesa.

Bons passeios!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30


10 comentários

Imagem de perfil

De RP a 02.06.2016 às 12:08

Que giro. Adorava ter um cavalo mas não me parece que ficasse bem no meu quintal ahah
Imagem de perfil

De Os bloggers a 03.06.2016 às 09:46

Se for um quinta com alguns hectares, é capaz de ficar bem
Imagem de perfil

De Melhor Amiga Procura-se a 02.06.2016 às 13:38

Nunca fui a nenhuma prova dessas... Confesso que tenho curiosidade...
Imagem de perfil

De Os bloggers a 03.06.2016 às 09:50

Segundo o site da Sociedade Hípica Portuguesa, amanhã dia 4 há mais provas de saltos, se estiveres por Lisboa podes espreitar
Imagem de perfil

De Melhor Amiga Procura-se a 03.06.2016 às 17:03

Pois, ando longe :-/
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 02.06.2016 às 14:50

Os cavalos realmente fascinam-me: a disciplina, o ajudar as crianças e adultos com problemas motores e mentais, a graciosidade que têm...
Imagem de perfil

De Os bloggers a 03.06.2016 às 09:52

É verdade, essa vertente dos cavalos também nos fascina, têm uma inteligência e compreensão fantásticas.
Imagem de perfil

De Sr. Solitário a 02.06.2016 às 16:12

Eu gostava de aprender, mas ao mesmo tempo tenho medo!
Imagem de perfil

De Os bloggers a 03.06.2016 às 09:54

Medo? Na pior das hipóteses ficas estendido no chão com algumas dores
Mas falando a sério, se gostavas de experimentar, nos centros hípicos costumam ter programas para pessoas que gostavam de ter a primeira experiência a cavalo e sendo com pessoas credenciadas para dar essa formação, de certeza que corre bem Arrisca
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 06.06.2016 às 09:02

Percebo esse seu medo.
Também eu tinha medo quando comecei a aprender a montar, tinha eu uns simpáticos quarenta e quatro anos.
À medida que se vai aprendendo, vai-se perdendo o medo.
Se não quiser enveredar pela disciplina de saltos e praticar equitação de lazer, os riscos são diminutos e o prazer é imenso.
Numa fase mais adiantada, se tiver a possibilidade de ter um cavalo para o montar regularmente, ainda melhor. O conhecimento mútuo cavalo-cavaleiro(a) é essencial.
Um cavalo não é particularmente caro, se o objectivo não for a competição. Já a manutenção (alojamento, alimentação, vacinas, veterinário, ferração) é uma renda gordinha, dependendo do local, claro.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Sigam-nos


O melhor blog do mundo


Instagram




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Links

  •  




  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.