Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Roteiro Cultural - Palácio Nacional de Mafra

por Os bloggers, em 01.03.15

Hoje é o primeiro Domingo do mês e há que aproveitar as Borlas para Miúdos e Graúdos, que a Direcção Geral do Património Cultural nos dá. Nós já aproveitámos e a nossa sugestão de hoje vai para o Palácio Nacional de Mafra.

DSC04791.jpg

O Palácio Nacional de Mafra é um edificio imponente e que domina completamente a paisagem, sendo constítuido por uma área de palácio propriamente dita e por uma zona de mosteiro em estilo barroco.

A sua construção teve início a 17 de Novembro de 1717, por iniciativa de D. João V, em cumprimento de uma promessa, feita no sentido de obter descendência. Resolvida a curta história de infertilidade, nasce D. Maria Bárbara e concomitantemente o Palácio.

 

O projecto inicial era o de apenas construir um modesto mosteiro para albergar cerca de uma centena de frades, mas com a riqueza proveniente do ouro que começou a chegar do Brasil, a corte enriqueceu e o projecto de construção do Palácio tornou-se megalómano.

Estima-se que a obra empregou 52 mil trabalhadores. Obra feita e nasce: um convento para 300 frades, uma enfermaria / hospital, um palácio real, uma biblioteca soberba e dotada de uma beleza rara e uma basílica (consagrada a 22 de Outubro de 1730, por ocasião do 41º aniversário do Rei).

 

Durante quase dois séculos o Palácio fez as delícias da família real, que muito gostava de caçar na Tapada de Mafra.

O Paço Real ocupa todo o piso superior do edifício e os dois torreões, sendo o do Norte destinado a Palácio do Rei e o do Sul à Rainha, ligados por uma longa galeria de 232 m – o maior corredor palaciano na Europa, mas funcionando independentemente. Para além dos quartos reais (com as suas minúsculas camas - que pequeninos que eles eram!), há várias salas particulares que merecem a nossa atenção: sala de jantar, sala da música, sala de jogos e sala da caça.
 

DSC04812.jpg

 

DSC04816.jpg

 Sala da música  Sala da caça
 
A biblioteca é sem dúvida a maior preciosidade do Palácio de Mafra. Remete-nos para outros tempos e deixa-nos deliciados com tanta perfeição e delicadeza. O chão é em mármore e as estantes em estilo rococó, recheadas com uma valiosa colecção de mais de 36.000 livros com encadernações em couro e gravadas a ouro (que podem ser consultados através de marcação). O impacto visual é mágico! E qual é o grande truque para a conservação dos livros? É uma medida muito ecológica e natural! Não adivinham? Na biblioteca reside uma família de morcegos, sendo cada morcego capaz de se alimentar de 500 insectos por noite, protegendo os livros das agruras dos mesmos! Morcegos amigos!
 

DSC04822.jpg

 

DSC04826.jpg

 A biblioteca  Pormenor de uma estante
 
Por baixo do Paço Real temos a área de Convento, contendo todas as divisões necessárias para o quotidiano diário de 300 frades. Dentro do Convento dá-se destaque à zona do hospital, com uma farmácia, instrumentos cirúrgicos (medo!) e uma enfermaria com 16 camas, em mini-quartos individuais (enfermaria de luxo!). Anualmente os frades consumiam 120 pipas de vinho e 70 de azeite! Que fartura!
 
A Basílica ocupa a parte central do edifício e está ladeada por duas torres sineiras.
Foi construída segundo o desenho de João Frederico Ludovici, ourives de origem alemã e que a concebeu ao estilo barroco italiano, influenciado por uma longa permanência em Itália. A Basílica possui 2 carrilhões históricos e dos maiores do mundo, constituídos por 98 sinos com mais de 200 toneladas!
 

DSC04878.jpg

 

DSC04886.jpg

 
Desde Janeiro deste ano, que no claustro Norte do Palácio, pode encontrar uma exposição viva de falcões, descobrindo os segredos da falcoaria e apreciando demonstrações de voo, num ambiente palaciano do século XIII.
 

DSC04863.jpg

 

DSC04866.jpg

 
Está curioso? Vá até lá! Será concerteza uma tarde bem passada!
E no final ataque um Fradinho nas imediações do Palácio! Calma, não é violência, é gula! Um Fradinho é apenas um pastel de amêndoa e feijão, fruto de uma receita conventual característica da região de Mafra.
Divirtam-se!
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:59



Mais sobre mim

foto do autor


Sigam-nos


O melhor blog do mundo


Instagram




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.