Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Duna da Cresmina

por Os bloggers, em 23.08.17

Somos fãs da Praia do Guincho, principalmente pela sua paisagem envolvente mas também pelo mar que é mais parecido com o tipo de mar com que crescemos na Figueira da Foz. No entanto, para conseguirmos fazer praia no Guincho é preciso que os astros estejam todos alinhados para não estar uma tempestade de areia que envergonha as tempestades de areia do deserto!!

Na última vez que tentámos fazer praia por lá, os astros estavam mesmo loucos! Em vez de nos estendermos ao sol, recebemos um esfoliação a jacto de areia nas pernas, tal era a força do vento!! Já para os amantes do Windsurf e do Kitesurf, estava de feição!

DSC00651.jpg

A vantagem da Praia do Guincho é que numa situação destas, existem à volta e bem pertinho outras opções para se passar uma tarde relaxada, como alguns parques de merendas para piquenicar, ou então, passear e desfrutar da paisagem da Duna da Cresmina.

DSC00666.jpg

A Duna da Cresmina, inserida no Parque Natural de Sintra-Cascais, é uma pequena parcela do sistema dunar Guincho-Oitavos. Este sistema dunar destaca-se pela passagem das areias na plataforma rochosa do Cabo Raso, empurradas pelo vento desde a praia da Cresmina e do Guincho, retornando ao mar mais a Sul, entre Oitavos e Guia.

DSC00674.jpgDSC00683.jpg

Na Duna da Cresmina existe um Núcleo de Interpretação que tem o objectivo de dar a conhecer a fauna, a flora e o sistema dunar através de uma exposição fixa. Aqui existe também um bar de saladas / creperia, aberto todo o ano, com uma vista 180º que se estende desde o Cabo Raso até à Serra de Sintra, que se pode desfrutar dentro do espaço ou na esplanada envidraçada.

IMG_20170815_170209.jpgDSC00685.jpgDSC00686.jpg

Ao longo da duna existem passadeiras que permitem passear e observar a fauna e a flora. É possível observar algumas aves, nomeadamente a Alvéola-branca, o Borrelho-grande-de-coleira ou o Cartaxo, mas mais fácil de observar é a Lagartixa-da-areia. No que respeita a plantas, as mais fáceis de identificar são a Raíz-divina, o Cardo-marítimo e o Miosótis-das-praias, podendo-se observar outras espécies.

DSC00692.jpgDSC00669.jpgDSC00670.jpgDSC00671.jpgDSC00673.jpg

Se passarem pelo Guincho, "percam-se" por este pequeno "deserto" ou se preferirem, podem optar por uma visita guiada, mas esta requer marcação prévia.

DSC00684.jpg

Bons passeios!

 

Morada:

Núcleo de Interpretação da Duna da Cresmina

Rua da Areia, Cresmina

Guincho-Cascais

Coordenadas:

38°43'35.415" N

9°28'15.909" W

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

O Borboletário da Quinta de Rana

por Os bloggers, em 13.07.17

O Borboletário da Quinta de Rana, está inserido no Parque Urbano Quinta de Rana em São Domingos de Rana, Cascais.

DSC00259.jpg

O Parque Urbano Quinta de Rana são cerca de 2 hectares de uma antiga quinta que ali existiu e que foram convertidos num agradável espaço para usufruto de toda a população. Existem equipamentos para as crianças, um campo de jogos, um enorme e amplo relvado, uma zona arborizada ideal para um piquenique, uma cafetaria onde é possível comer alguns pratos rápidos (hamburgueres, tostas, saladas) e um fantástico borboletário.

DSC00319.jpg

O Borboletário é um espaço onde é possível observar todo o ciclo de vida das borboletas, os ovos, as lagartas, as crisálidas e finalmente as borboletas. Por fora, a estrutura do borboletário não passa despercebida, facilmente o associamos a um enorme casulo. Já lá dentro, na entrada encontramos alguns painéis informativos sobre as várias espécies que existem na zona de Cascais e também podemos observar algumas lagartas. De seguida entramos para o "jardim" que é composto por flora local, onde é possível caminharmos pelo seu interior ou simplesmente sentarmo-nos a observar as borboletas. 

DSC00318.jpgDSC00313.jpgDSC00305.jpg

Nesta visita tivemos mais sorte do que quando visitámos o borboletário do Jardim Botânico de Lisboa, havia uma quantidade maior de borboletas e mais espécies, das quais salientamos pela ordem das fotos, a Borboleta-Malhadinha, a Borboleta-dos-Cardos, a Borboleta-Monarca, a Borboleta-Nabo, entre outras. Perdemos um pouco a noção do tempo a apreciar a subtileza e beleza daqueles seres tão sensíveis e ao mesmo tempo tão importantes para nós, visto serem um indicador da qualidade ambiental e um pilar muito importante no processo de polinização de algumas espécies de plantas.

DSC00272.jpgDSC00295.jpg

DSC00283.jpgDSC00281.jpgDSC00296.jpg

Se ainda não conhecem, sugerimos que visitem, é fácil estacionar e a entrada é gratuita. Se preferirem uma visita guiada, são 3,5€ por pessoa e tem a duração de 50 minutos. 

Bons passeios!

 

Morada:

Parque Urbano Quinta de Rana
Rua Feliciano Moreira
S. Domingos de Rana

 

Horário:

Julho a Setembro
4ª - dom.: 10h00 - 17h00

Março a Junho e Outubro a Novembro
4ª - dom.: 10h00 - 13h00 | 14h00- 16h00

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Final de tarde no Cabo Raso

por Os bloggers, em 13.02.17

Entre Cascais e o Guincho há mil e um pontos de paragem para admirar a beleza das arribas e em dias de agitação marítima, a imponência do mar e da rebentação das ondas faz-nos sentir pequeninos.

É um dos nossos sítios de eleição para passeios de Inverno, é fácil circular, tem muito estacionamento e se ficarmos com fome há alguns restaurantes / bares para petiscar enquanto desfrutamos da vista. Hoje troquei a XX pela máquina fotográfica e a paragem foi no Farol do Cabo Raso.

DSC07907.jpg

Com o fim de semana frio e chuvoso, no sábado aproveitámos para umas compras na loja Sueca mais famosa de Portugal, para desfrutar do sofá na companhia de chá e alguns filmes, já no domingo, a XX foi trabalhar e eu fiquei de serviço em casa. Depois dos móveis montados e a bricolage terminada, estava com o "bichinho" para ir fotografar um pouco, consultei algumas app's e todas me deram uma janela sem chuva entre as 18h e as 20h, era mesmo o que precisava!  

Cheguei mesmo no pico da "Hora Dourada" que rapidamente passou a uma explosão de cores colorindo as nuvens no céu numa mistura de laranja e púrpura. 

DSC07911.jpgDSC07915-2.jpg

O mar estava picado e não deu para ir para os sítios que tinha em mente, no entanto deu para "matar o bichinho". Nas fotos em cima, do lado esquerdo, é possível ver uma forte chuvada que estava a cair no oceano.

DSC07924.jpgDSC07927.jpgDSC07920.jpg

Foi um surpreendente final de tarde, sem vento, sem chuva e com um fantástico pôr do sol! 

Bons passeios!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Passeio de Outono

por Os bloggers, em 18.10.16

Aproveitando os dias de Verão que se fizeram sentir até ao início de Outubro, decidimos fazer uma pausa na decoração da casa para apanhar um pouco de ar! E hoje vamos finalmente revelar o local da janela de que falámos neste post.

DSC05306_1.jpg

Como o cansaço se fazia sentir, os sítios a explorar tinham que ser próximos e com possibilidade de desfrutar do Pôr do Sol relaxadamente. Foi quando nos lembrámos do miradouro da Capela de Nossa Senhora da Penha, mais conhecido por Santuário da Peninha, para começar o passeio e o Farol de Santa Marta para terminar com o Pôr do Sol.

DSC05312.jpgDSC05355.jpgDSC05302.jpg

O Santuário da Peninha situa-se na freguesia de Colares, em plena Serra de Sintra, com uma vista privilegiada para o Guincho, Cascais e em dias claros é possível vislumbrar a Sul a Serra da Arrábida e o Cabo Espichel e a Norte, as Berlengas (tivemos sorte e conseguimos percepcionar a silhueta destes locais). 

DSC05277.jpgDSC05325.jpgDSC05329.jpg

O Santuário é composto pela ermida de São Saturnino fundada por D. Pêro Pais na época da formação do reino de Portugal (meados do século XVII) e por um palacete construído em 1918. Todo o santuário se encontra fechado e com um ar de semi abandono, mas a paisagem é de cortar a respiração. Existe também um parque de merendas que permite um agradável piquenique no local.

DSC05333.jpgDSC05332.jpgDSC05334.jpgDSC05336.jpgDSC05352.jpgDSC05311.jpg

Começou a arrefecer (o Sol engana, já é mesmo Outuno) e fez-se hora de descer a Serra de Sintra. Fomos em direcção a Cascais, com passagem pela Boca do Inferno, para espreitar o Pôr do Sol junto ao Farol de Santa Marta. O Farol de Santa Marta é um dos símbolos da cidade e a sua estrutura quadrangular azul e branca, ali mesmo junto ao mar, produz um belo postal da cidade. 

DSC05383.jpgDSC05361.jpgDSC05379.jpg

Bons passeios!!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

Um gelado que brilha no escuro?

por Os bloggers, em 09.09.15

Vai ser possível prová-lo no próximo fim de semana, de 11 a 13 de Setembro, na loja Santini de Cascais.

 

A ideia de um gelado que brilha no escuro já tem alguns anos, foi inicialmente criado em forma de sobremesa pela Lick Me I’m Delicious e mais recentemente pela companhia de arte culinária Bompas and Parr que aplicou a receita ao Cornetto de Menta para comemorar o lançamento do filme Guerra Mundial Z, mas deixa-nos sempre curiosos para experimentar.

 

O sabor escolhido foi o de Limão, que segundo a Santini manterá o sabor original mas terá a adição da vitamina à receita original para criar o efeito luminoso. Como só terá a sua piada comer este gelado de noite, o mesmo só será possível comprar a partir das 20:30 ao preço normal.

img_806x579$2015_09_08_16_31_33_142439.jpg

 

O lançamento do gelado coincide com o decorrer da 4ª edição do Festival Lumina que este ano tem como tema as 4 estações do ano. No festival os visitantes terão um circuito com quatro percursos em sequência em que cada um corresponde a uma estação do ano e cada percurso terá instalações multimédia dinâmicas, video-projecções monumentais, esculturas interactivas e obras participativas. O evento é produzido pelo ateliê OCUBO e com direcção artística de Nuno Maya e Carole Purnelle, decorre nas ruas de Cascais entre as 20h e as 24h e tem entrada gratuita.

lumina_624x312.jpg

 

Programa do Festival Lumina: http://www.lumina.pt

Morada Santini Cascais:

Avenida de Valbom, 28F,
Cascais

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:41

Roteiro Foodie | European Street Food Festival

por Os bloggers, em 09.04.15

Caríssimos leitores apreciadores de ar livre e de boas experiências gastronómicas, vimos informar-vos que estamos em pleno European Street Food Festival, nos Jardins do Casino Estoril.

11100156_436500143192470_4740666670846274139_n.jpgÉ a primeira vez que esta iniciativa se realiza em Portugal - começou no dia 4 e prolonga-se até dia 12 de Abril. Se até hoje o tempo tem estado instável, o São Pedro promete Sol e calor para o fim-de-semana... E sendo assim, porque não ir até ao European Street Food Festival?

 

Cidades cosmopolitas como Berlim, Paris ou Londres já há muito que se renderam ao conceito de ‘street food'. Portugal junta-se agora a esta iniciativa. Até Domingo pode encontrar mais de 50 veículos a vender comida de rua nos Jardins do Casino Estoril, mostrando toda a dinâmica e criatividade deste tipo de comida. O evento é gratuito e promete deliciar-nos com as melhores e mais diversas iguarias, tradicionais ou gourmets, desde os salgados aos doces, passando pelos cachorros e pelo sushi...

 

Entre as várias marcas presentes do festival, estão pelo menos 40 portuguesas, como O Melhor Bolo de Chocolate do Mundo, Bolas de Praia, Charcutaria Lisboa, The Skinny Bagel, Sushi Van, Yonest, entre outras. Dos veículos internacionais destacamos o Bunsmobile (Alemanha), B-Gurmet (França), Dog Town (Inglaterra), Mozao (Itália) e Ciacha (Polónia).

 

O festival está integrado no World Food Tourism Summit que decorre no Centro de Congressos do Estoril, entre os dias 8 e 11 de Abril, permitindo uma salutar troca de experiências e partilha de conhecimentos entre os maiores profissionais da área.

Ainda aí está? Nós já estamos a caminho do Estoril! Vemo-nos por lá!

 

Se não pode aproveitar o evento do Estoril, haverá brevemente uma segunda oportunidade para ir a um evento semelhante em terras lusitanas, pois a 30 e 31 de Maio, realiza-se no parque de merendas da Praia de Quiaios, Figueira da Foz, o 1º Street Food Fest - Portugal. A entrada é gratuita e decorre entre as 11h e as 23h. É também a desculpa ideal para fazer uma escapadinha à Figueira da Foz, onde pode escolher entre a praia ou a serra para queimar as calorias extra da refeição.

10408666_540838376057405_1254369162186030534_n.jpg

 

Facebook European Street Food Festival: https://www.facebook.com/StreetFoodEuropeanFestival

 

Facebook Street Food Fest - Portugal: https://www.facebook.com/streetfoodfestportugal

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:10

Portugal Escondido - Forte do Abano

por Os bloggers, em 11.03.15

O Forte do Abano, também conhecido por Forte do Guincho ou Forte das Velas, localiza-se entre a Praia do Abano e a Praia do Guincho. Está muito perto de Cascais, Sintra e Lisboa, estrategicamente virado para o mar, perto de tudo, mas quase escondido... O que lhe confere uma magia especial!

DSC05480-1.jpgA entrada

 

Um caminho sinuoso de terra batida, conduz-nos a uma vista magnifica... História, praia, Sol, ondas, verde, mar... E Sintra como pano de fundo!

Satisfaz as delícias de muitos fotógrafos, quer para captar a essência da natureza, quer o brilho do pôr-do-sol.

 

DSC05528-1.jpg

 

DSC05516-1.jpg

 Pôr do sol no Forte do Abano

 

O Forte foi construído por volta do ano de 1642, durante o reinado de D. João IV, com o intuito de vigiar e proteger a costa, fazendo parte de um conjunto de fortalezas construídas para defesa da costa de Cascais.

Tem um formato rectangular, com um páteo central; a zona virada para terra servia de alojamento e a frente marítima albergava toda a artilharia necessária.

DSC05483-1.jpgO interior

 

Findadas as suas funções de defesa, durante o último século serviu de centro de apoio a campista e a desportos naúticos, havendo um projecto lançado pela Câmara de Cascais que visa transformar este monumento num centro de interpretação do Parque Natural de Sintra.

Actualmente encontra-se desocupado e a degradar-se, mas mesmo assim sem perder o charme característico de um edifício histórico imponente junto ao mar!

 

 

DSC05484-1.jpgAo final da tarde

 

DSC05489-1.jpgA praia do Guincho ao fundo

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:25


Mais sobre mim

foto do autor


Sigam-nos


O melhor blog do mundo


Instagram




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D




subscrever feeds


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.