Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Novo miradouro de Lisboa

por Os bloggers, em 19.07.17

Situado no Alto da Serafina, no coração do Parque Florestal de Monsanto, o Panorâmico de Monsanto vai finalmente tornar-se num miradouro oficial de Lisboa.

DSC04346.jpgDSC04345.jpgDSC04350.jpg

O Panorâmico de Monsanto é provavelmente um dos locais mais emblemáticos de Lisboa, onde toda a gente quer ir para desfrutar de uma vista panorâmica sobre a cidade e arredores. Nós tivemos o prazer de o visitar numa altura em que era pouco conhecido e ainda não estava muito vandalizado, no entanto, nas sucessivas visitas que fizemos, o número de visitantes indesejados era crescente e o vandalismo tomou conta do espaço. 

DSC04384.jpgDSC02269.jpg

Mas o futuro deste local mudou um pouco na Assembleia Municipal de Lisboa do passado dia 11 de Julho, foi decidido que todo o edifício seria limpo, as zonas perigosas devidamente vedadas ao público e assim que toda esta intervenção esteja terminada, que se prevê até ao final do mês de Julho, será aberto ao público. Ficará assim até às próximas eleições que ocorrem em Outubro e após as eleições prevê-se o lançamento de um concurso de ideias para decidir o futuro do espaço.

DSC02272.jpgDSC04377.jpg

É sem dúvida uma excelente notícia, agora já podemos usufruir daquela espaço livremente sem nos sentirmos "fora da lei" e estamos ansiosos para o visitar nesta nova fase. Vamos poder desfrutar da paisagem com mais calma.

DSC04373.jpg

Bons passeios!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

A melhor vista para a Ponte 25 de Abril

por Os bloggers, em 19.12.16

Existem diversos miradouros espalhados pelo Parque Florestal de Monsanto, alguns são de livre acesso e públicos, outros nem por isso, como é o caso do Panorâmico de Monsanto que tem a melhor vista sobre Lisboa e arredores!

DSC07161.jpgDSC02281.jpg

Mas há um que gostamos muito de espreitar sempre que damos uma volta por Monsanto, é de fácil acesso e tem uma vista soberba!

Este miradouro, apesar de não ter um nome oficial, é conhecido como o Miradouro do Bairro do Alvito por estar inserido neste bairro. Para nós, é sem dúvida a melhor vista para a Ponte 25 de Abril e o Cristo Rei. É também possível vislumbrar outros pontos da cidade como o Cemitério dos Prazeres e as torres do Amoreiras Shopping Center.

DSC02282.jpgDSC07185.jpgDSC07177.jpg

Este é um dos locais "secretos" de Lisboa que faz as delícias de fotógrafos profissionais e amadores para fotografar a cidade à noite, é um local fantástico para criar longas exposições com os carros que passam na Ponte e para aperfeiçoar esta técnica de fotografia.

DSC07163.jpgDSC07188.jpg

O Miradouro do Bairro do Alvito situa-se nas seguintes coordenadas: 38.7126689, -9.1800247.

Bons passeios!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

Entre Prazeres e Necessidades

por Os bloggers, em 01.06.16

Bem, não pensem coisas... Este é um post muito mais inocente do que pode parecer pelo título. 

Logo o nosso país havia de ter um Cemitério dos Prazeres e um Palácio das Necessidades. É antagónico, mas não deixa de ter a sua piada!

 

No fim de semana, aproveitando o intervalo dos pingos da chuva, fomos parar à antiga freguesia dos Prazeres, em Lisboa. O objectivo era visitar o Jardim da Tapada das Necessidades, pelo caminho passámos junto ao cemitério da freguesia.

Este espaço abriu em 1833, por ocasião de uma epidemia de cólera. É constituído quase exclusivamente por jazigos particulares, sendo possível apreciar monumentos de autores anónimos, lado a lado com peças de arquitetos de renome do século XIX até aos nossos dias, bem como o trabalho de alguns do nossos importantes escultores que desta forma se perpetuaram através dos tempos.

 

Já há algum tempo que tínhamos ouvido falar da possibilidade de visitar o dito cemitério através de visitas guiadas promovidas pela Câmara Municipal de Lisboa, para apreciar a imponência e arquitectura das construções que o compõem, muitas delas quase com 200 anos; bem como as vistas sobre Alcântara, o Tejo, a ponte e o Cristo Rei... É um roteiro alternativo, mas historicamente interessante. Percebemos que não faltam turistas a visitar o espaço, com máquina  fotográfica pronta a disparar. E esta hein?

DSC02517.jpg

Apenas demos um espreitadela rápida. Ficámos curiosos por experimentar a visita guiada.

DSC02514.jpg

 

Seguimos então até ao nosso destino, o Jardim da Tapada das Necessidades.

DSC02524.jpg

A Tapada das Necessidades nasceu no reinado de Dom João V e serviu de residência real até ao século passado. Actualmente pertence ao Ministério dos Negócios Estrangeiros. O jardim da Tapada, cuja entrada é gratuita, tem cerca de 10 hectares e espalha-se charmosamente numa encosta entre a Estrela e Alcântara.

DSC02617.jpgDSC02526.jpg

Estacionámos no Largo das Necessidades e fomos explorar o jardim, que acolhe árvores autóctones e espécimes provindas de todo o mundo, como alfarrobeiras, dragoeiros, medronheiros, zambujeiros e sóforas-do-japão. Apreciámos também os lagos (com patinhos acabados de nascer), a estufa circular e o imponente jardim de cactos, para além de uma bonita vista sobre o Tejo.

DSC02535.jpgDSC02553.jpgDSC02569.jpg

É um dos pulmões verdes da cidade de Lisboa, um tesouro que muitos não conhecem. Existem mesas e um relvado extenso onde é possível fazer piqueniques, é sem dúvida um local capaz de oferecer umas horas muito bem passadas. 

DSC02597.jpgDSC02574.jpgDSC02581.jpg

DSC02585.jpg

Não deixem de ir explorar este jardim. Nós vamos seguramente voltar!

Bons passeios!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

O Jardim da Cerca da Graça

por Os bloggers, em 12.04.16

Quase a comemorar 1 ano, o Jardim da Cerca da Graça está cheio de vida!

Há cerca de 1 ano atrás "descobrimos" as obras do Jardim da Cerca da Graça por acaso. Tínhamos ido visitar o Miradouro da Senhora do Monte e o Miradouro Sophia de Mello Breyner Andresen (Miradouro da Graça) e entre estes dois miradouros estava a nascer este enorme espaço verde.

 

DSC01365.jpg

 

Segundo o site da Câmara Municipal de Lisboa, este é o segundo maior espaço verde da cidade, logo a seguir ao Jardim Botânico e faz a ligação entre o bairro da Graça e a Mouraria. Na construção do jardim foram plantadas cerca de 180 árvores, foi criado um relvado central, três miradouros, um parque de merendas, um pomar, um parque infantil e um quiosque.

 

DSC01364.jpg

DSC01357.jpg

 

Aproveitando a tarde de sol de Domingo e sem qualquer plano, fomos até à baixa e começámos a caminhar à medida que nos íamos lembrando de locais para visitar até que da colina do Castelo avistámos o Jardim da Cerca da Graça. Na altura tínhamos ficado com curiosidade para ver o resultado final mas ainda não tinha havido oportunidade, mas fomos desta vez e gostámos bastante do que vimos.

 

DSC01358.jpg

DSC01363.jpg

 

O Jardim estava repleto de vida com crianças a jogar à bola no relvado, adultos deitados a ler ou simplesmente a aproveitar os quentes raios de sol e a esplanada cheia.

O espaço é enorme e abrigado, estava um vento fresco mas mal se sentia no Jardim e a exposição solar é fantástica. O que adorámos mesmo foi o laranjal que cobre as mesas do parque de merendas criando um ambiente campestre que nos faz esquecer que estamos no meio da cidade. 

 

DSC01361.jpg

DSC01362.jpg

 

E assim nasceu no coração de Lisboa mais um fantástico espaço público e um belo e agradável local para um piquenique com a família ou amigos.

Bons passeios!

Localização do Jardim da Cerca da Graça

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

Dois miradouros (quase) escondidos...

por Os bloggers, em 01.03.16

Gostamos de descobrir sítios "novos", sítios menos explorados, locais menos turísticos...

No final do fim de semana, quando a chuva deu tréguas, fomos aproveitar o Sol e descobrir dois bonitos miradouros na cidade de Lisboa.

Apesar do frio, sabe sempre bem ir à descoberta!

 

DSC00571.jpg

 

Começámos por ir até ao Miradouro da Penha de França, que se localiza na Penha de França, tal como indica o próprio nome. O Metro mais próximo é o de Arroios, que fica a uma caminhada de 8 a 10 minutos de distância. Este miradouro apresenta-nos uma perspectiva diferente de Lisboa, permitindo-nos admirar o lado Norte da cidade, bem como o Tejo e a Ponte Vasco da Gama, que surgem por trás do Alto de São João e de Marvila; mais centralmente e olhando para Sul, surge novamente o Tejo e a outra margem.

 

DSC00576.jpg

DSC00582.jpg

DSC00580.jpg

 

De seguida descemos até ao Miradouro do Monte Agudo, que alcançámos em 7 minutos a pé. Apesar do frio apreciámos mais uma vez a beleza de Lisboa, com as suas colinas e vales, enfeitados por prédios de todas as cores e feitios. Ao longe a Ponte 25 de Abril e o Cristo Rei, a erguerem-se sobre o Tejo, o esboço da Basílica da Estrela e tantos outros locais emblemáticos da nossa capital. Neste miradouro existe um café-esplanada, ideal para desfrutar da paisagem. 

DSC00598.jpg

DSC00587.jpg

DSC00596.jpg

DSC00594.jpg

 

Para regressar até ao Metro podemos continuar a descer e rapidamente chegar ao Metro dos Anjos. No caminho é impossível não apreciar os azulejos coloridos que tornam únicas as fachadas portuguesas.

 

DSC_0141.jpg

DSC_0148.jpg

DSC_0149.jpg

 

E terminámos na Praça do Rossio. 

 

DSC00614.jpg

DSC00612.jpg

 

Bons passeios!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Eléctrico 28, o eléctrico mágico!

por Os bloggers, em 09.07.15

O Elétrico 28 podia pefeitamente fazer parte de um conto de fadas, tal é a sua magia!

DSC04268.jpgHabitualmente amarelo, a circular sobre carris em plena estrada, passando por típicos bairros lisboetas cheios de história... Os turistas sabem que não o podem perder... Ouvem-se gargalhadas, várias línguas, o português genuíno... Surgem objectivas, disparam flashes, tudo sob a luz radiosa da nossa bela capital... Faz parte da nossa história, mas é ainda o presente... Ou um presente para turistas e lisboetas!

DSC04294.jpgO seu caminho cruza bairros genuinamente lisboetas e que espelham a alma de Lisboa! Pode ainda levarmos a alguns dos mais belos miradouros! Vai de Campo de Ourique até ao Martim Moniz, passando na Estrela, Bica, Praça de Camões, Chiado, Rua da Conceição, Sé, Miradouro de Santa Lúzia, Portas do Sol, Graça, Anjos e Martim Moniz. E faz depois o sentido inverso. Há noite, fim de semana e feriados termina na Graça, não descendo até ao Martim Moniz.

É um circuito que vale mesmo a pena apreciar!

DSC04274.jpgNós subimos para o nosso amarelinho 28 em frente à Basílica da Estrela, descemos na Bica e fomos visitar o Miradouro do Adamastor (Santa Catarina). Subimos de novo para o amarelinho 28 no Chiado e deliciámo-nos com o percurso até à Graça. Na Graça visitámos o Miradouro da Graça e descemos a pé até aos Miradouros das Portas do Sol e de Santa Lúzia. Voltámos a entrar no Eléctrico 28, que nos levou de novo até à Estrela.

DSC04326.jpgChiado

DSC04318.jpgMiradouro de Santa Luzia

DSC04327.jpgAssembleia da República

DSC04282.jpgMiradouro da Graça

Depois de um pequeno passeio no sempre agradável Jardim da Estrela, não resistimos e fomos comer um gelado na Artisani da Estrela (aqui), onde deixámos o carro estrategicamente estacionado!

 DSC04329.jpg

Basílica da Estrela

 

Os passes de metro / carris são válidos no Eléctrico 28. Podem também utilizar-se cartões pré-carregados (7 Colinas ou Viva Viagem) com viagens metro / carris, ficando cada viagem de elétrico ao mesmo preço de uma viagem de metro ou de autocarro (1,40€ no carregamento simples e 1,25€ no carregamento zapping - válido durante 1 hora). Se comprarem o bilhete no próprio elétrico a tarifa da viagem é de 2,85€.

 

Página da Carris com percursos e horário do elétrico 28 aqui.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:18

Portugal Escondido | A Melhor Vista de Lisboa

por Os bloggers, em 21.04.15

Lisboa é uma cidade cheia de luz e energia! Há recantos mágicos e miradouros fabulosos. Mas há um "miradouro" que poucos conhecem, quem o descobre facilmente se apaixona e confere-lhe facilmente o título de melhor vista de Lisboa!

Não vem nos guias turísticos, não é palco de excursões, não é de fácil, nem de livre acesso... Mas é um sítio especial!

 

O glamour de outros tempos há muito que se perdeu... Foi palco de festas, jantares, almoços domingueiros... As suas paredes escondem segredos e muitas histórias, que se adivinham nos destroços ainda cheios de vida...

DSC04345.jpgFalamos do Panorâmico de Monsanto, que se situa em pleno Parque Florestal de Monsanto, e que abriu em 1968 como restaurante. Está entregue ao abandono há mais de uma década e em avançado estado de degradação...  O edifício de sete mil metros quadrados, foi projectado pelo arquitecto Chaves da Costa e possui várias obras de arte - painéis e altos-relevos - de Querubim Lapa e azulejos de Manuela Madureira, que se adivinham entre os destroços...

DSC04346.jpg

O edifício já foi restaurante, discoteca, empresa cinematográfica, bingo, escritório, armazém de materiais de construção... Já pouco resta dele... Está vedado, há espera de um futuro por parte da Câmara Municipal de Lisboa... Esconde uma vista soberba - Lisboa, o Tejo, a Ponte 25 de Abril, o Cristo Rei... Apaixona quem o descobre e faz as delícias de fotógrafos profissionais e amadores...

DSC04350.jpg

DSC04352.jpg

Não vos incentivamos a ir lá, porque está vedado (embora a cerca tenha um entrada construída pelos mais curiosos) e acima de tudo pelo perigo que constitui um local em ruínas... Mas ficam algumas fotos a provar a qualidade do que os nossos olhos podem alcançar e lançamos o repto para que possa renascer das ruínas - partilhem o post, pode ser que alguma alma caridosa e com possibilidade de erguer o Panorâmico lhe devolva a grandiosidade de outros tempos, ou, se tiverem um amigo que ganhou o Euromilhões, podem sugerir-lhe a recuperação deste emblemático espaço!

 

DSC04354.jpg

 

DSC04357.jpg

 

DSC04358.jpg

 

DSC04361.jpg

 

DSC04364.jpg

 

DSC04369.jpg

 

DSC04374.jpg

 

DSC04378.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:08


Mais sobre mim

foto do autor


Sigam-nos


O melhor blog do mundo


Instagram




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.