Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Alentejo à Mesa na Adega Montemor

por Os bloggers, em 14.03.17

É por todos sabido que o Alentejo é um local de boa comida e bom vinho, não podemos estar mais de acordo!

Na nossa Espapadinha em Montemor-o-Novo perdemo-nos pelas ruas e vielas da cidade e fomos descobrir a Adega Montemor, onde fomos recebidos pelo genuíno e alegre sorriso dos proprietários.

É um sítio pitoresco e simpático em que uma das paredes é um enorme "expositor" de vinhos, onde se destacam os vinhos alentejanos, mas com os vinhos do Douro e Dão também a marcar presença. Jantar na Adega Montemor foi mais do que uma experiência gastronómica, foi muito agradável conversar de forma descontraída com o casal que gere o negócio, enquanto nos deliciávamos com os pitéus que nos prepararam na hora.

DSC08070.jpgIMG_20170224_212954.jpgIMG_20170224_211537.jpg

Para entrada escolhemos Cogumelos Salteados, para prato principal seleccionámos Lombo de Porto Preto Recheado com Tâmaras e Farinheira e para sobremesa dividimos uma Sericaia, provavelmente a melhor sericaia que já provámos.

IMG_20170224_211830.jpg

Estava tudo DI-VI-NAL!!! Os cogumelos estavam super saborosos e o prato principal estava perfeito, digno de um chefe de cozinha do mais alto nível... carne saborosa, recheio crocante, com o adocicado da tâmara a coroar o sabor de um prato muito bem confeccionado... Adorámos!

IMG_20170224_213724.jpgIMG_20170224_220259.jpg

As boas surpresas ainda não tinham acabado... No final o valor da conta foi de apenas 26 euros para os 2, por estes magníficos pitéus.

Alertamos os mais "apressados" que todos os pratos são confeccionados na hora, em dias com maior afluência o tempo de espera pode ser mais longo do que o pretendido, mas vale a pena a espera! Por isso, se forem para aquela zona, aconselhamos vivamente uma paragem na Adega Montemor!

Nós vamos seguramente voltar!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Cama Emprestada | L'and Vineyards

por Os bloggers, em 09.03.17

Qualquer boa escapadinha envolve um bom hotel.

Durante a nossa escapadinha por Montemor-o-Novo escolhemos o L'and Vineyards para relaxar e ver literalmente as estrelas.

DSC08051.jpg

Este hotel nasceu no coração do Alentejo, rodeado por vinhas e por um lago artificial. É constituído por 22 suites, em estilo de pequenas moradias geminadas, e por uma bloco central onde funciona a recepção, restaurante e o spa.

DSC08085.jpg

Escolhemos uma suite com vista céu. As suites são óptimas, com uma sala espaçosa, um quarto grande e uma casa de banho gigante, com uma decoração minimalista, mas bastante cuidada. Para além disso ainda há um simpático pátio interior. A casa de banho e o pátio são dominados por duas grandes banheiras, em estilo de mini-piscina, que demoram entre 1 a 2 horas a encher e que permitem um belo banho de relaxamento!

DSC08029.jpgDSC08023.jpgDSC08074.jpgDSC08027.jpg

À entrada da suite, ainda na rua, existe uma lareira que podemos pedir para acender. O ponto alto e inovador da suite é que no quarto, mesmo por cima da cama, existe uma enorme janela panorâmica que nos permite adormecer a ver as estrelas. É como se estivessemos a acampar mas sabendo que no dia a seguir não vamos acordar com as costas todas doridas! Em todas as suites existe wi-fi gratuito, é possível pedir um iPad, existe uma garrafa de água de cortesia, máquina de café Nespresso com a possibilidade de se consumirem 2 cápsulas gratuitamente e chá gratuito.

DSC08041.jpgDSC08024.jpg

Para além da suite, que adorámos, o restante complexo não nos surpreendeu e não atingiu as expectativas (talvez por serem demasiado altas). O spa tem uma piscina interior e uma sauna agradáveis, mas para um hotel de 5 estrelas, faltou o jacuzzi e o banho turco. O pequeno-almoço foi o segundo ponto alto da estadia. A sala para o pequeno-almoço é ampla, luminosa, apresenta-se em comunhão com a natureza e as iguarias são óptimas, com produtos regionais frescos e de grande qualidade!

IMG_20170224_174050.jpgIMG_20170225_111444.jpgIMG_20170225_105422.jpg

Havia também uma piscina exterior com um aspecto muito agradável, mas o frio do Inverno não nos permitiu o mergulho. No entanto, serviu de espelho para umas fotos ao pôr do sol e na manhã seguinte.

DSC08050.jpgDSC08063.jpgDSC08065.jpgDSC08076.jpg

Os espaços envolventes das suites e complexo principal, são bonitos e as vinhas estão muito bem tratadas, o mesmo não podemos dizer do lago, que nitidamente precisa de manutenção. É de salientar o sossego e o silêncio em todo o complexo, a possibilidade de observar algumas aves em ambiente natural, desfrutar de caminhadas pelas vinhas e a possibilidade de alugar bicicletas para ir até Montemor-o-Novo. 

DSC08040.jpgDSC08084.jpg

É ainda possível desfrutar de uma refeição no restaurante do hotel, premiado com uma estrela Michelin, que serve pratos preparados com ingredientes de origem local e que podem ser acompanhadas por vinhos das vinhas envolventes. Ao final da tarde, optámos por dar uma volta pelo centro histórico de Montemor-o-Novo e acabámos por jantar num restaurante típico que adorámos, mas este ficou-nos debaixo de olho para uma próxima visita.

IMG_20170225_111502.jpg

Destacamos como pontos fortes da estadia a suite e tudo o que tinha para nos oferecer. Como pontos fracos destacamos o spa e o lago a precisar de manutenção, tendo em conta que se trata de um hotel de 5 estrelas, com preços entre os 215 e 289 euros por noite.

Em suma, é um sítio giro para um fim-de-semana diferente, mas com alguns aspectos a melhorar nas infra-estruturas conjuntas, o que faz com que hajam outras opções na mesma gama de preços e com uma oferta melhor.

Bons passeios!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Escapadinha em Montemor-o-Novo

por Os bloggers, em 08.03.17

O prometido é devido e aqui está então o nosso post sobre a nossa mais recente escapadinha pelo Alentejo.

Foi no último fim-de-semana de Fevereiro que nos aventurámos novamente por terras alentejanas, desta vez por Montemor-o-Novo.

DSC07993.jpg

Trata-se de um cidade alentejana, do distrito de Évora, a pouco mais de 1 hora de Lisboa, muito perto de Arraiolos e de Vendas Novas, onde aliás também estivemos.

Trata-se de uma cidade simpática, com ruas pitorescas e vigiada pelo castelo que, lá no alto, domina a paisagem.

DSC08106.jpgDSC08088.jpg

O Castelo de Montemor-o-Novo abrigava originalmente nos seus muros a povoação que, ao crescer, se expandiu pela encosta a Norte. Documentos históricos confirmam que foi neste local que Vasco da Gama projectou a sua viagem para a Índia. Apesar de estar em ruínas, é um espaço agradável para se dar um passeio e por momentos voltar ao tempo dos reis. No recinto podemos ver o Convento da Saudação, a Igreja de São Tiago, o Centro Interpretativo do Castelo, escavações arqueológicas do antigo povoado, ruínas dos Paços do Concelho e Cadeia, ruínas do Paço dos Alcaides e a Igreja de S. João Baptista. Do Castelo avistámos também a cidade, os campos e vales circundantes. Enquanto lá andávamos percebemos que estavam a decorrer filmagens, possivelmente para um programa cultural. A entrada no recinto do castelo é gratuita.

DSC08092.jpgDSC08091.jpgDSC08114.jpgDSC08122.jpgDSC08109.jpgDSC08096.jpg

Mas as surpresas não são apenas as que aparecem nas alturas, descobrimos um belo segredo subterrâneo por aquelas paragens, que muito gostámos de explorar.

Estamos a falar da Gruta do Escoural, que foi descoberta em 1963 numa pedreira próxima de Santiago do Escoural. Aquilo que começou por se revelar uma câmara funerária utilizada na época Neolítica, veio a revelar outros segredos - pinturas e gravuras rupestres, as primeiras atribuídas em Portugal ao Paleolítico Superior. A visita visita começa no Centro de Interpretação em Santiago do Escoural, para nos familiarizarmos com a história do local e depois seguimos de carro para a Gruta (a cerca de 3 km), cuja história, pinturas e gravuras nos são detalhadamente apresentadas por uma simpática guia. É um espaço muito bonito e que nos despertou imensa curiosidade. Infelizmente não é permitido fotografar, por isso a foto do interior que apresentamos foi retirada da Web. As visitas carecem de marcação prévia, para mais informações espreitem aqui. A visita fica por 3 euros para os adultos, é gratuita para crianças até aos 12 anos e fica a 1,5€ para +65 anos e portadores do cartão jovem. Cliquem aqui para conhecer um pouco mais da gruta.

DSC07982.jpgDSC07984.jpg096.jpg

Depois de sairmos da Gruta do Escoural, fomos conhecer a Anta-Capela de Nossa Senhora do Livramento. Esta peculiar construção resulta de uma Anta Neolítica que terá sido erguida entre meados do IV e meados do III milénio a.C e que em meados do Séc. XVII foi transformada numa capela. É considerada Monumento Nacional desde 1910. A Anta-Capela está localizada numa herdade, a estrada é estreita e sinuosa mas vale a pena percorrê-la para ver este monumento, desfrutar da paisagem e do silêncio da planície alentejana.

DSC08000.jpgDSC08001.jpgDSC08015.jpg

Na nossa escapadinha ainda conhecemos um hotel especial, um restaurante típico (agradável surpresa!), demos um pulo a Arraiolos e passámos em Vendas Novas.

Não percam os próximos episódios!

Bons passeios!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00


Mais sobre mim

foto do autor


Sigam-nos


O melhor blog do mundo


Instagram




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Links

  •  




  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.