Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As luzes de Lisboa

por Os bloggers, em 18.12.17

O fim de semana passou num instante e ainda nos faltam comprar algumas prendas! Mas fugimos das superfícies comerciais e fomos espreitar as iluminações de Natal das ruas de Lisboa.

DSC04513.jpg

Começámos pela Wonderland que nos parece mais uma "Comerland"! Tal é a quantidade de barraquinhas de pipocas, churros, farturas, crepes e muitas outras comidas e doces! As filas para a pista de patinagem continuam enormes assim como para a voltinha na roda gigante. 

DSC04429.jpgDSC04430.jpgDSC04431.jpg

Descemos até à baixa devagar para dar tempo que as iluminações se ligassem. Este ano não existem tantas árvores de Natal gigantes como o ano passado e apenas a árvore da Praça do Comércio permite que se ande lá dentro. Gostámos do pormenor da mensagem de "Boas Festas" em várias línguas nas iluminações ao longo da Rua Augusta. 

DSC04435.jpgDSC04442.jpgDSC04447.jpg

Apesar do frio, as ruas estavam repletas de pessoas que passeavam e aproveitavam para fazer mais algumas comprinhas de Natal.

DSC04448.jpgDSC04461.jpgDSC04474.jpg

De seguida fomos até à Fonte Monumental da Alameda D. Afonso Henriques para apanhar a primeira sessão do habitual videomapping de Natal. Este ano mudou-se da Praça do Comércio para aqui e decorre até ao dia 23 de Dezembro em 3 sessões, às 19h, 20h e 21h. O tema é "Lisbonland", conta com a participação da Cuca Roseta e também inclui jactos de fogo durante o espectáculo. Se puderem, não percam este espectáculo, é gratuito!

DSC04485.jpgDSC04486.jpg

Ao longo da semana vamos partilhando mais algumas fotos desta caminhada no Instagram do blog.

Bons passeios!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Portugal foi eleito "Melhor Destino do Mundo" nos World Travel Awards, Lisboa é o "Melhor Destino para City Break" e a Madeira o "Melhor Destino Insular", não podíamos deixar passar esta excelente notícia sem fazer este post!

Um dos principais motivos da criação do blog foi precisamente dar a conhecer o nosso Portugal. Adoramos viajar pelo nosso País pela grande diversidade de paisagens e por nos proporcionar quase todas as experiências que se podem encontrar pelo mundo fora (menos observar as Auroras, o que é uma pena!). Depois há aqueles cantinhos mais escondidos que partilhamos na rúbrica Portugal Escondido.

 

Por isso, em jeito de comemoração deste prémio que também é de todos Nós pela capacidade de bem receber quem nos visita, partilhamos algumas fotos, da nossa autoria, de Portugal no geral, de Lisboa e arredores e da Madeira.

DSC05218.jpgDSC00949.jpgDSC00655.jpgDSC02282.jpg

DSC01031.jpgIMG-20160427-WA0001.jpgDSC09998.jpgDSC02555.jpgDSC02207.jpgDSC02165.jpgDSC03647.jpgDSC03262.jpgDSC01945.jpgDSC09303.jpgDSC08470.jpgDSC07327.jpgDSC00733.jpgDSC04644.jpgDSC04640.jpg_DSC8460.jpgDSC06086.jpgDSC00130.jpgDSC00292.jpgDSC00548.jpgDSC00166.jpgDSC00573.jpg

Bons passeios! E que alguns sejam também "cá dentro"!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Passeio de Outono

por Os bloggers, em 18.10.16

Aproveitando os dias de Verão que se fizeram sentir até ao início de Outubro, decidimos fazer uma pausa na decoração da casa para apanhar um pouco de ar! E hoje vamos finalmente revelar o local da janela de que falámos neste post.

DSC05306_1.jpg

Como o cansaço se fazia sentir, os sítios a explorar tinham que ser próximos e com possibilidade de desfrutar do Pôr do Sol relaxadamente. Foi quando nos lembrámos do miradouro da Capela de Nossa Senhora da Penha, mais conhecido por Santuário da Peninha, para começar o passeio e o Farol de Santa Marta para terminar com o Pôr do Sol.

DSC05312.jpgDSC05355.jpgDSC05302.jpg

O Santuário da Peninha situa-se na freguesia de Colares, em plena Serra de Sintra, com uma vista privilegiada para o Guincho, Cascais e em dias claros é possível vislumbrar a Sul a Serra da Arrábida e o Cabo Espichel e a Norte, as Berlengas (tivemos sorte e conseguimos percepcionar a silhueta destes locais). 

DSC05277.jpgDSC05325.jpgDSC05329.jpg

O Santuário é composto pela ermida de São Saturnino fundada por D. Pêro Pais na época da formação do reino de Portugal (meados do século XVII) e por um palacete construído em 1918. Todo o santuário se encontra fechado e com um ar de semi abandono, mas a paisagem é de cortar a respiração. Existe também um parque de merendas que permite um agradável piquenique no local.

DSC05333.jpgDSC05332.jpgDSC05334.jpgDSC05336.jpgDSC05352.jpgDSC05311.jpg

Começou a arrefecer (o Sol engana, já é mesmo Outuno) e fez-se hora de descer a Serra de Sintra. Fomos em direcção a Cascais, com passagem pela Boca do Inferno, para espreitar o Pôr do Sol junto ao Farol de Santa Marta. O Farol de Santa Marta é um dos símbolos da cidade e a sua estrutura quadrangular azul e branca, ali mesmo junto ao mar, produz um belo postal da cidade. 

DSC05383.jpgDSC05361.jpgDSC05379.jpg

Bons passeios!!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

O sonho continua... Estamos na final!

por Os bloggers, em 07.07.16

A eu(ro)foria é muita!

Somos grandes! O sonho continua! Já estamos na final!

PT_final.jpg

Força Portugal!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

(fonte da foto: cmjornal)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

Onde se come por Évora

por Os bloggers, em 25.03.16

Um dia inteiro a caminhar por Évora gasta muita energia e por isso tivemos que fazer algumas paragens para carregar as baterias.

DSC00733.jpg

 

Normalmente usamos a aplicação do Zomato ou do Tripadvisor para escolher os locais de refeição, mas desta vez, fomos guiados pelas dicas de alguns amigos de Évora e fugimos dos locais turísticos.

 

Almoço

Como estávamos perto da Praça do Giraldo, a recomendação foi o Restaurante Piparoza. O espaço interior é bastante agradável, a decoração mistura o antigo com o moderno de uma forma harmoniosa criando um ambiente acolhedor. Para os dias mais quentes existe uma simpática esplanada no exterior.

Quanto ao repasto, começámos por uma salada de polvo muito fresca e saborosa; para pratos principais, os escolhidos foram o magret de pato com framboesa e os lombinhos de porco preto. Ambos os pratos estavam deliciosos, carne tenra e saborosa, só a pecar pela quantidade, apesar de ser um restaurante mais virado para as tapas, afinal estamos no Alentejo e queremos comer bem!

Terminada a refeição, é hora da sobremesa, nesta temática a oferta não é muito variada e por isso não foi difícil escolher, optámos pela sericaia com ameixa de Elvas. Neste caso ficámos um pouco desiludidos, a consistência e o sabor não corresponderam às expectativas.

Para os apreciadores, o restaurante tem uma extensa carta de vinhos e são servidos a copo.

Preço médio para 2 pessoas: 25€ 

11705160_912711518767797_3080986534470880275_n-110

piparoza-boutique-bar-sala-a2e01.jpg

 

 

Lanche

Para o lanche não pedimos dicas, como gostamos muito de doces conventuais, já tínhamos pesquisado sobre o melhor local para os provar em Évora e todos os resultados apontavam para a Pastelaria Conventual Pão de Rala. Foi uma óptima surpresa, a sala é muito acolhedora, com as paredes decoradas com azulejos e quadros com fotografias de figuras públicas que por ali passaram e o melhor de tudo, uma vitrine repleta de doces tradicionais e conventuais.

Como já chegámos um pouco tarde para lanchar, já tinham acabado as queijadas de Évora mas com todos aqueles "pecados" doces à nossa frente, a escolha tornou-se difícil, dava vontade de comer um pouco de tudo. Acabámos por escolher um queijinho de amêndoa (amêndoa com recheio de doce de ovos) e um beijinho de freira (doce de ovos). Assim como o aspecto, também o sabor estava divinal! 

Com todas estas iguarias para provar, com um atendimento atencioso e muito familiar, é sem dúvida um local de paragem obrigatória para quem visita Évora!

Preço médio para 2 pessoas: 7,5€

DSC00741.jpg

DSC00743.jpg

DSC00747.jpg

DSC00746.jpg

DSC00749.jpg

 

Jantar

Para o jantar, a sugestão foi o Restaurante Maria Luísa na Praça 1º de Maio, mesmo ao lado da Capela dos Ossos.

Com uma sala ampla e um ambiente requintado mas informal, é um restaurante de comida tradicional alentejana mas com um toque gourmet.

Éramos quatro adultos e decidimos pedir vários pratos para partilhar.

Para a entrada a escolha foi a farinheira assada com grelos salteados, que se revelou um excelente prólogo para os pratos principais.

Os pratos escolhidos foram: migas de espargos com carne de alguidar, lombinho de porco preto com puré de maçã e batata fritaempada de coelho bravo com arroz de passas e pinhões. Todos os pratos reveleram um elevado cuidado na confecção e estavam deliciosos, mas temos que destacar a empada de coelho bravo que nos surpreendeu pela mistura de sabores intensos e da qual ficámos fãs.

Para sobremesa, repetimos a serica com ameixa de Elvas e o doce de requeijão com amêndoa que estavam igualmente deliciosos. Destaque para a sericaia, das melhores que já comemos, com uma excelente textura e sabor!

Preço médio para 2 pessoas: 30€

3492_rest.jpg

muito-restaurante-com (1).jpg

maria-luisa-restaurante.jpg

a-tipica-siricaia.jpg

 

Bom passeio e bom apetite!!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00

Cores quentes do Inverno

por Os bloggers, em 21.01.16

O Inverno também tem o seu charme.

Enquanto a XX trabalhava, o XY foi fazer o gosto ao dedo, disparou uns cliques e captou a essência das cores quentes do Inverno.

DSC00388.jpg

Ora digam lá se o Inverno também não tem uma magia especial?

 

Local: Algés

Data: 17-01-2015

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:45

Rali de Portugal a acelerar a fundo na Web

por Os bloggers, em 21.05.15

O que é nacional é bom!

E é com esta máxima que classificamos o novo vídeo promocional do Rali de Portugal, que está a correr aceleradamente por este mundo fora, com mais de 700.000 visualizações em três dias!

A ideia é genuinamente simples e, como tudo o que é verdadeiramente genuíno, gerou um resultado surprendente e que deve ser apreciado.

 

O cenário é a Serra do Marão, com as suas belas paisagens, sob o fantástico céu azul de Portugal.

Duas estradas, dois carros, duas equipas... Uma troca de carros... O resultado: de um lado o piloto profissional Vítor Pascoal, patrocinado pelo Município de Baião, numa Renault 4L e do outro um casal de septuagenários num verdadeiro carro de rali! E no fim, não podia faltar a selfie!

O vídeo foi inicialmente difundido pela Câmara Municipal de Baião, seguindo-se a partilha pelas páginas oficiais da entidade organizadora do mundial de ralis (WRC) e do Automóvel Clube de Portugal (ACP), entre outros organismos ligados à competição.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:21

As palavras são da CNN e nós concordamos!...

Os nossos navegadores descobriram o mundo, agora é cada vez mais a hora de o mundo nos descobrir!

As marcas internacionais desfrutam das nossas paisagens e a CNN elogia-nos.

A reportagem de Paul Ames da CNN, publicada na última semana, destaca o centro de Portugal, como um bela zona misteriosa a descobrir.

Há pouco mais de um ano a CNN teceu rasgados elogios à cidade de Lisboa, apresentando 7 motivos para definir Lisboa como a cidade mais cool da Europa, agora é a vez do centro de Portugal merecer brilhantismo na secção de viagens da CNN.

 

A reportagem fala de Óbidos, Alcobaça, Nazaré, Batalha, Fátima, Tomar, Coimbra, Buçaco, Aveiro, Serra da Estrela, Viseu, Guarda... Sem esquecer as magníficas praias da Figueira da Foz, Osso da Baleia, Vieira de Leiria, Peniche e Berlengas.

universidade_de_coimbra800.jpgFF.jpg

Universidade de Coimbra e a rainha das praias de Portugal - Figueira da Foz e Buarcos

 

Para além das praias, é dado grande destaque ao nosso património histórico e cultural, apresentando o Castelo de Óbidos, Mosteiro de Alcobaça, Mosteiro da Batalha, Basílica de Fátima, Convento de Cristo e Festa dos Tabuleiros de Tomar, Universidade de Coimbra (também património da UNESCO), o Fado de Coimbra, Ruínas de Coninbriga, Ria de Aveiro ("Portugal's Venice") ou o Bussaco Palace, através de simpáticas palavras e inúmeras imagens.

Como locais para pernoitar a CNN sugere o Curia Palace, Bussaco Palace, Grande Hotel do Luso, Palace Hotel de Monte Real ou as Pousadas de Portugal, tudo excelentes opções.

É ainda destacado o nosso património gastronómico, como o leitão da bairrada ou a caldeirada de peixe, sem esquecer o queijo da serra e os vinhos do Dão e da Bairrada. Servir e comer bem é de facto connosco!

A CNN fez um excelente trabalho e contagia qualquer um a mergulhar no coração de Portugal, por isso vamos lá todos passear e desfrutar do centro do nosso país, onde temos um património muito diversificado e magnífico!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:41

Roteiro Doce | Gelataria Conchanata

por Os bloggers, em 01.04.15

Este é um post muito díficil de se escrever... É quase impossível pensar nos Gelados Conchanata, sem ter o desejo de ir a correr para lá e comer precisamente uma Conchanata...

 

A gelataria Conchanata, aberta desde 1945, é quase património nacional. Foi uma das primeiras gelatarias a fabricar gelados artesanais italianos em Portugal.

Quase dispensa apresentações, mas para os menos atentos, localiza-se em Lisboa, no bairro de Alvalade, na Avenida da Igreja, nº 28 (muito perto do metro de Alvalade - Linha Verde).

Se estiver em Alvalade e vir uma enorme fila num passeio, a probabilidade de estar junto à Conchanata é enorme!

 

Os sabores são variados e todos deliciosos!

Pode escolher desde os tradicionais copos ou cones com bolas de gelado (desde 2 euros), até crepes, waffles ou a famosa Conchanata (que dá nome à casa ou vice-versa).

O gelado Conchanata consiste numa taça com 4 bolas de gelado, cobertas com um fantástico topping secreto feito à base morango natural (4 euros). É IM-PER-DÍ-VEL!!!

 

Conchanata.JPG

Se há coisas que se devem fazer pelo menos uma vez na vida, comer uma Conchanata é seguramente uma delas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:59

Ainda há segredos escondidos, mas cada vez menos bem guardados, aqui bem perto de nós...

E se lhe contassemos que no Largo de São Domingos de Benfica, a caminho de Monsanto, há um Palácio do século XVII, à beira da estrada, imponente, com um belo jardim, ainda habitado, mas que pode visitar... Acreditava? Pode acreditar, nós estivemos lá e queremos partilhar a experiência, porque é um recanto mágico, deste nosso Portugal, que deve mesmo visitar!

DSC05059-2.jpg

Chama-se Palácio dos Marqueses de Fronteira e é considerado um dos melhores exemplos da arquitetura palaciana do século XVII. Foi mandado construir pelo 1º Marquês de Fronteira, D. João de Mascarenhas, e inaugurado por D. Pedro em 1675.

O terramoto de 1755 foi responsável pela destruição da residência principal dos Marqueses de Fronteira no Chiado, pelo que o Palácio foi alvo de ampliação, tornando-se por essa altura residência principal da família, que ainda hoje nele habita.

Assim, o Palácio é constituído por um corpo principal do século XVII ao qual foi acrescentada uma ala no século XVIII. O Palácio pode ser parcialmente visitado, ficando excluído o espaço onde reside o actual 13º Marquês de Fronteira e a família. As visitas são sempre guiadas, por simpáticos funcionários da Fundação das Casas de Fronteira e de Alorna, que entusiasticamente nos contam a história do local. Passamos por salas cheias de história, com azulejos que mostram relatos da história da família, que se cruza com a história de Portugal. Destaca-se a Biblioteca, a Sala das Batalhas e a Sala de Jantar.

Envolvendo o Palácio, sobressaí um magnífico terraço, uma pequena e harmoniosa capela, a Casa do Fresco e os fantásticos jardins, ao qual não falta um lago com cisnes. Curiosidade, a louça da inauguração do Palácio foi toda partidinha e adorna as paredes do Terraço, junto à capela. Sim, ninguém mais podia utilizar o mesmo serviço utlizado pela família real!


DSC05088-2.jpg

 

DSC05112-2.jpgPodem ver-se pedaços da louça

 

Vamos para os exteriores, existem duas áreas de jardim:

- O Jardim de Vénus - o mais pequeno, num plano superior e que acompanha o Terraço do Palácio. Este jardim culmina com um recanto constituído pelo Tanque dos Ss e Casa da Água ou Casa do Fresco, numa zona que dá acesso directo ao Terraço do Palácio e à Capela.

DSC05142-2.jpgTanque dos S's

 

- O Jardim Formal - o maior e com influências francesas e italianas, é limitado a Sul pelo conjunto formado pelo Tanque dos Cavaleiros e Galeria dos Reis. No Tanque dos Cavaleiros podem-se admirar dois belos e temperamentais cisnes, tirados de um qualquer filme clássico. A Galeria dos Reis surge num plano superior, com um varandim para o lago e tem estátuas dos Reis de Portugal. Por todo o mural que limita o Jardim podemos admirar azulejos com pinturas que ilustram os meses do ano, os quatro elementos e os signos do zodíaco.

 

DSC05173-2.jpg Elemento Fogo por Paula Rego

 

DSC05177-2.jpgO Signo Carneiro

 

Os Jardins são muito bonitos e oferecem um passeio irrecusável. Apesar de estarmos praticamente no centro de Lisboa, somos imediatamente transportados para outro tempo e local. Não fossem os prédios no horizonte e os aviões insistentemente a passar ninguém diria onde estávamos.

A fama destes jardins é conhecida além fronteiras. Há poucos dias o The Gardener’s Garden, da Phaidon Press, publicou a lista dos 250 melhores jardins do mundo. Figuram neste grupo 5 jardins portugueses, ao lado de locais emblemáticos como o Taj Mahal ou os Jardins de Versalhes, e o Jardim do Palácio dos Marqueses de Fronteira surge orgulhosamente nesta lista.

 

 

DSC05158-2.jpg

 

DSC05166-2.jpg

 

Os bilhetes são comprados no local e as visitas são sempre guiadas. Os horários das visitas são 10h30m, 11h00, 11h30 e 12h00 (Junho a Setembro) ou 11h00 e 12h00 (Outubro a Maio). O Palácio encerra ao público aos Domingos e feriados. Pode optar por visitar o Palácio e os Jardins pelo preço de 7,5€ ou apenas os Jardins por 3€.

 

Site oficial: http://www.fronteira-alorna.pt/

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:46


Mais sobre mim

foto do autor


Sigam-nos


O melhor blog do mundo


Instagram




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Links

  •  




  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.